s Cocô - Saiba como anda sua saúde através de suas fezes

Cocô - Saiba como anda sua saúde através de suas fezes

Conheça seu corpo através do cocô


saúde pelo cocô

Nosso cocô pode mostrar muito sobre a nossa saúde, nesse artigo vamos ajudar à você reconhecer sintomas de alterações importantes pelas fezes. Acredite saber como anda as suas fezes é muito importante, tanto quanto verificar se está com febre ou alterações de pressão. Sempre nos preocupamos com o que comemos, aliás é uma preocupação crescente, a cada dia procuramos saber se há novos artigos ou estudos sobre algum alimento e seus benefícios. Mas quando se trata de verificarmos nosso cocô a primeira coisa que vem a cabeça é a palavra nojo.


Nesse artigo vamos provar que é fundamental dar aquela olhadinha depois de fazer suas necessidades ou o número 2.


Você sabe por que nosso cocô tem a coloração marrom?


É pelo fato de que além de fibras não solúveis, restos de alimentos mal mastigados e por tanto mal absorvidos, biles e bactérias; excretamos uma quantidade razoável de células vermelhas mortas e são elas que dão a coloração característica as fezes. 


O que é considerado uma evacuação normal?

tipos de cocô
Se tiver tido todo o processo de maneira regular, sendo que esse processo é iniciado pela escolha dos alimentos, mastigação e toda a digestão, sua visitinha ao Sr. Privada não deve ser um martírio, muito pelo contrário. Seu cocô deverá sair sem ter que fazer muito esforço, sem te matar pelo odor e sua consistência deve ser macia e formato cilíndrico, firme mais não endurecidas.

Após estudos médicos feitos pelas universidades britânicas de Enfermaria Real de Bristol e Canynge Hall, existem alguns padrões estabelecidos sobre o tema:

- As pessoas saudáveis devem fazer cocô pelo menos três vezes por semana.
 saúde pelo cocô- As fezes saudáveis deveriam sair como um único cocô alongado, que não deveria boiar.
- Fezes fininhas e longas acontecem quando a pessoa faz muita força, se isso é algo sistemático e não de vez enquando é preciso consultar um médico, pois em alguns casos é um sintoma de câncer do reto.
- Cocô em vários pedaços, não são normais, isso acontece pelo fato da pessoa ingerir poucas fibras, que são as responsáveis por gerar um bolo fecal único e uniforme através do líquido gelatinoso que as fibras proporcionam.
- Fezes que boiam em geral não são sintomas de alguma doença e sim porque seu cocô está recheado de gás metano ou sulfeto de hidrogênio, este último é o bem fedorento e não depende muito de você qual irá produzir pela vida a fora. Depende de como sua mãe se comportou durante a sua gestação e de sua alimentação nos primeiros sete anos de vida, quando a flora intestinal é amadurecida.
- Pessoas normais produzem cerca de 10 a 15 peidos por dia, independente se sente eles saírem ou não.
- Você pode ajudar seu organismo a produzir cocôs menos fedidos, mesmo para pessoas que produzem em maior quantidade sulfeto de hidrogênio. Proteínas, alho, cebola, repolho dão um toque especial as suas fezes. As proteínas porque putrefam ainda em seu intestino e o cheiro é péssimo, alguns legumes contém composto de enxofre em suas composições, daí a coisa é bem terrível. 
- Se alimentar com excesso de gordura, comidas estilo junk food; frituras e lanchonetes de redes, além da gordura em excesso nos alimentos, ainda têm muita química e isso atrapalha a flora intestinal causando mal cheiro como o sintoma que mais sentimos, porém levando a muitas doenças.
- Cocô muito gorduroso e que vem sempre com seus amigos gasosos é sinal de má absorção de carboidratos, fale com seu médico. 


Cores das Fezes




- Fezes vermelhas; em geral são produzidas por ter sido ingerido alimentos dessa cor; como até mesmo a beterraba que muda a cor da urina e do cocô, não tem risco algum para a saúde.
- Fezes com sangue vivo; em geral é intestino preso que pode levar a romper alguns vizinhos na hora H. Melhore a alimentação, se persistir o problema vá ao médico, porque com o tempo irá provocar hemorroidas.
- Fezes verde escuras; em geral é o excesso de consumo de folhas verdes escuras ou consumo de suplemento de ferro.
- Verde claro, indica excesso de açúcar ou alimentação com predominância de verdura e frutas e pouco sal.
- Fezes amareladas; pode ser infestação por parasitas, é ir ao médico e relatar o ocorrido, claro que deve ser uma constante há mais de 15 dias e não uma única vez.
-Marrom; normal é a cor correta.
- Pálido; essa cor é causada por vesícula trabalhando mal, fígado ou pâncreas.
- Castanho-avermelhado; Se for parecida com o tom do vinho tinto, vá o mais rápido possível a um especialista, pode ser sangramento interno e em alguns casos sintoma clássico de câncer.
- Pretas; É um provável sangramento da parte inicial do seu sistema digestivo, como estômago e intestino delgado. Vá ao médico tirar a dúvida.

Todos os sintomas informados são para não somente uma única evacuação, mas sim algo que perdura, acima de 10 ou 15 dias. O artigo não tem intenção de substituir uma consulta médica e nem é um artigo científico, apenas informativo e de curiosidade.




❥ Continue conosco, alguns posts que pode gostar




Se gostou compartilhe com os amigos e inscreva-se no FB | IG ou no blog ali ao lado. Obrigada pela visita. Até a próxima!    
Algumas fontes:
COMENTE GOOGLE+
COMENTE BLOGGER
Copyright © 2011 - 2017 Meus Dois Minutos